SÁBADO, 20 DE JULHO DE 2024|CONTATO

Barômetro Eventos B2B registrou durante o período de um ano (2023) a quantidade de eventos realizados com foco na geração de negócios

Terça, 09 de janeiro de 2024


São Paulo, fevereiro de 2024 - A UBRAFE (União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios) em parceria com a São Paulo Turismo (SPTuris) registrou o primeiro levantamento quantitativo anual sobre o setor de eventos com foco na geração de negócios – feiras, congressos e convenções na cidade de São Paulo realizado após a crise sanitária COVID-19

O Barômetro Eventos B2B da UBRAFE é um dos índices mais confiáveis do setor de eventos, pois consolida a quantidade de eventos com foco na geração de negócios, por enquanto na cidade de São Paulo, que sozinha representa 70% do mercado nacional desses tipos de eventos. A proposta da entidade é que este índice seja expandido para outras cidades durante os próximos anos, representando a totalidade dos números desse setor..

O universo da coleta são os mais de 90 associados da UBRAFE – empresas promotoras de eventos, fornecedores especializados e as venues dos eventos -, com números representando os eventos com foco na geração de negócios ou B2B (Business to Business), que quando atraem mais de 700 pessoas cada um são considerados de grande porte. Os eventos que atraem mais de 5 mil pessoas cada um são classificados como megaeventos e também estão incluídos neste levantamento. Eventos com menos de 700 participantes não entram neste levantamento.

A importância dos eventos presenciais

O levantamento traz um total de 1.286 eventos de grande porte, com foco na geração de negócios. Todos esses eventos contam com pelo menos 700 participantes únicos, em cada um deles. Um total de 789 eventos corporativos, que representam 60% da amostra, referem-se à seminários internos como treinamentos ou lançamento de novos produtos. Em segundo lugar seguem as feiras setoriais de negócios, com um total de 214 eventos (17%). Os congressos temáticos, voltados para especialidades médicas ou jurídicas, representam 170 eventos dessa fatia (13%). E, por último, um total de 113 eventos (10%) são convenções de vendas.

Em 2023 cerca de 6,670 milhões de visitantes únicos estiveram presentes nesses eventos com foco em negócios, gerando um impacto econômico de R$ 9,3 bilhões. Estima-se que 70% deles moram no estado de São Paulo e representam um impacto financeiro de R$ 2,3 bilhões na cidade, enquanto 30% são de outros estados e geram um impacto econômico significativo, equivalente a R$ 7 bilhões.

Feiras de Negócios atraem o maior número de participantes

As feiras de negócios representam 17% do total dos eventos (214 realizadas na cidade de São Paulo no decorrer do ano 2023), com 49% dos participantes, ou seja 3,2 milhões de visitantes. . Em 2022 ocorreram 109 feiras de grande porte realizadas na cidade de São Paulo, no 2º semestre, considerando que algumas foram reagendamentos de eventos marcados inicialmente para 2020 e 2021. No 2º semestre de 2023 aconteceram 125 feiras o que demonstra um crescimento 2º semestre 2022 x 2º semestre de 2023 ordem de 15%. Com a economia apresentando taxas positivas de crescimento e com novos locais para eventos B2B sendo inaugurados em São Paulo a expectativa é que essa taxa de crescimento de 15% seja repetida quando compararmos o ano de 2023 com o ano fechado de 2024., demostrando a força do formato presencial de eventos. Apesar de ocorrerem em praticamente todos os setores da economia continuam sendo lançadas novas feiras em setores que já existem eventos e novas feiras em setores emergentes.

Eventos Corporativos em maior quantidade com público participante menor.

No segundo semestre de 2022 houve 318 eventos corporativos de grande porte na cidade de São Paulo, com a participação de 669 mil pessoas. No 2º semestre de 2023 ocorreram 422 (+32%) desses eventos, porém, com um público de 594 mil (-11%). Conclui-se que essa redução está relacionada a um possível “represamento” que houve durante a pandemia, tornando o ano de 2022 um ano atípico. Nota-se uma otimização de participação do público corporativo em eventos, relacionado a redução de investimentos das organizações em razão do preço das passagens aéreas no ano de 2023.

Congressos e Convenções estáveis em quantidade e em público participante

Os números relativos à quantidade desses eventos demonstram a mesma tendência dos eventos corporativos. Houve uma ampliação no número de eventos, porém, com um público menor. Em Congressos houve um aumento de 3% (95 eventos no segundo semestre de 2022, versus 98 eventos no segundo semestre de 2023), enquanto as Convenções foram na contramão, apontando uma queda de 3% (65 eventos no segundo semestre de 2022, versus 63 eventos no segundo semestre de 2023).

Observações finais

O impacto de R$ 9,3 bilhões refere-se somente aos gastos realizados pelos participantes dos eventos, sejam eles moradores do estado de São Paulo ou de outros estados ou países.

Os investimentos feitos pelas empresas para organizar esses eventos (custos de locação dos espaços, custos de montagem dos stands etc.) não são levados em conta, bem como, a valorização dos negócios que ocorrem nestes eventos (quando uma empresa expositora participa de uma feira de negócios e estabelece uma meta de vendas durante o evento).

Os números divulgados pela ABRACORP (viagens de negócios e viagens corporativas) mostram a mesma tendência de otimização de agenda dos executivos. Em 2019, pré-pandemia da covid-19, foram emitidos 6,3 milhões de bilhetes corporativos. Em 2023 esse número se reduziu em 1,2 milhão, totalizando 5,1 milhões de bilhetes emitidos. Nota-se que a relevância da reunião ou evento é que determina a tomada de decisão desses executivos participarem ou não.

As feiras de negócios/congressos são excelentes facilitadores de agenda e investimentos, pois possuem a relevância necessária para que os tomadores de decisões nas empresas aprovem os investimentos necessários para as marcas/executivos participarem desses eventos. Durante os 2 ou 3 dias de realização dos eventos é possível encontrar todos os clientes e/ou fornecedores somente com a realização de uma só viagem, reduzindo, portanto, a necessidade de outras viagens adicionais.

Conclui-se que as feiras/congressos com foco em negócios são ainda um negócio em expansão. A cidade de São Paulo ganhará, pelo menos, três eventos setoriais que acontecerão pela primeira vez na cidade, durante os próximos meses. São eles: FRUIT ATTRACTION, um dos principais eventos relacionados à cadeia de comercialização e logística de frutas, o BFSHOW (Brazilian Footwear Show) evento do setor de calçados apoiado pela associação setorial ABICALÇADOS, e o GAMESCON, versão nacional do maior evento de games do mundo, que ocorrerá pela 1ª vez no Brasil.

“Nossa expectativa em 2024 continua sendo a mesma de ampliar este índice para outras cidades e regiões do Brasil, por meio de novas parcerias locais. Os eventos com foco na geração de negócios estão se comprovando como uma das mais relevantes ferramentas para gerar desenvolvimento economico e a elaboração deste índice de acompanhamento deste tipo de eventos nos torna menos invisíveis perante as 3 esferas do poder público, pontua o diretor-executivo da UBRAFE, Paulo Octávio Pereira de Almeida (P.O.).

Sobre a UBRAFE

A UBRAFE é a entidade que representa o setor de promoção comercial nacional e internacionalmente junto a todos os segmentos da economia brasileira. Apresenta ao mercado e ao governo a importância e os números do setor. Em seu quadro de associados estão as maiores empresas promotoras de feiras de negócios do Brasil e outras empresas que constituem sua cadeia de valor, como alguns fornecedores especializados e as venues nos quais estes eventos acontecem. Anualmente, as feiras de negócios com a marca UBRAFE reúnem cerca de 32 mil expositores nacionais e 6 mil expositores estrangeiros, mais de 100 mil marcas expositoras, que atraem um universo com expectativa anual de mais de 10 milhões de visitantes somente na cidade de São Paulo. Abrangendo os mais variados setores da economia, as feiras de negócios representam 90% da ocupação nas principais venues do país e são responsáveis pela comercialização de pelo menos 5% do PIB. https://ubrafe.org.br/

Informações para a Imprensa:

BE ON PRESSAna Penteado | anapenteado@beonpress.com | (11) 99181-8294

Camila Barini | camila@beonpress.com | (11) 98478-3776


BAIXE O INFOGRAFICO